Dedicamos nossas vidas à saúde holística, à espiritualidade e ao crescimento pessoal.
A conexão com a Pachamama mudou completamente a nossa forma de sentir e viver.
Nosso objetivo é compartilhar nosso caminho e nossa experiência com você. 

Nosso caminho e a soma de nossas experiências não teriam sentido se não fossem compartilhadas com os outros. É nossa paixão e nosso profundo desejo de transmitir a todos aqueles que sentem o chamado, nosso amor por todos os seres e pela Mãe Terra. Estamos imensamente felizes  em poder compartilhar nosso próprio Ser com você.

Bora, crescer e florescer juntos !!

Os facilitadores

photo_2022-06-17_08-29-41.jpg

Maria Becker D.O.

Fundadora do Templo Luz da Vida &  The Art to Embrace your Life

Idiomas: Alemão, Inglês, "Portunhol"

emoticon-gc5537b697_1280.png

Maria trabalha por mais de 25 anos como terapeuta corporal holística, treinando terapeutas e acompanhando pessoas em seu caminho para a saúde física emocional e energética.
Sua visão é um mundo onde as pessoas voltam a estar ligadas com sua própria essência interior, seu coração, e consigam estar em harmonia com os ritmos naturais da vida. Seres humanos que confiam na vida, reconheçam seu verdadeiro propósito e vivam sua missão com devoção.
Desde cedo, surgiu nela a pergunta até que ponto o entorno familiar e social no qual crescemos, influencia nosso ser e forma as nossas vidas. Somos realmente vítimas do passado, de nossa genética e de nossa história familiar? Ou será que há um caminho para determinar nossa vida muito mais do que pensávamos inicialmente? Que meios existem para nos libertar do sofrimento e voltar a sermos criadores conscientes de nossas vidas?
A busca pela origem do nosso ser e o desejo profundo de conquistar paz interior despertou nela a procura por uma compreensão mais profunda da vida. Começou a exercer a profissão de fisioterapeuta, mas logo deixou esta área médica porque muitas perguntas essenciais ficavam sem resposta. A fim de enxergar o ser humano de forma mais holística e desenvolver uma compreensão mais profunda das funções do organismo humano, decidiu se formar em Osteopatia. Durante esse período, passou por grandes desafíos emocionais em sua vida privada, que acabaram afetando seriamente sua saúde física.
Para trazer paz à sua vida após os estudos, decidiu viajar para a Tailândia e passar algum tempo em um mosteiro com monges budistas. Foi lá que entrou em contato com a meditação Vipassana, que acabou tendo uma influência decisiva em sua vida, mudando a maneira de sentir, perceber e olhar para o mundo e a sua própria vida.
De volta na Alemanha, Maria se formou como professora de Osteopatia e ficou formando terapeutas durante 12 anos no Instituto Europeo de Osteopatía – Holistéa.
Paralelamente à sua atividade e ensino terapêutico, continuou a pratica de Vipassana aprofundando no processo de autoconhecimento e sua vida espiritual.
Ainda estudando osteopatia, participou de um seminário com o educador norteamericano Karlton Terry, especialista na assistência para a superaçao dos traumas pré e perinatais. Trabalhar com adultos para liberar a mágoa ligada ao seu próprio nascimento a comoveu profundamente. Esta experiência lhe trouxe a compreensão, do quanto nosso próprio nascimento e nossa experiência pré-natal influenciam nossa vida futura. O tratamento de bebês e mulheres grávidas, especialmente o campo emocional que está ligado a ele, complementou seu trabalho e sua visão sobre a história de vida de cada pessoa de uma forma decisiva. Com esta nova consciência e a soma das experiências clínicas e pessoais adquiridas, Maria entrou no campo da psicologia pré e perinatal se formando como terapeuta corporal pré e perinatal de acordo com o método do renomado psicoterapeuta suiço, Franz Renggli.

„Meu trabalho hoje é a integração de todas as ferramentas que fui adquirindo durante todos estes anos.

Minha missão é colocar a soma de minha experiência, junto com minha sensibilidade e intuição, a serviço de todos os seres que estão em busca de sua própria cura. O objetivo do meu trabalho é ajudar as pessoas a retornar ao seu Ser, a se reconectar com a sua natureza, reconhecendo seu verdadeiro valor interior. Desejo que possam encontrar seu lugar no mundo, ter menos medo da vida, e desfrutar de uma melhor conexão consigo mesmas e com os outros.“

Com muito amor, Maria.

photo_2022-06-17_08-29-52.jpg

José Babastro Moa D.O.

Fundador do Templo Luz da Vida

Idiomas: Espanhol, Portugues, Alemão,  Italiano, Francês, Inglês

Nascido de pais espanhóis, José cresceu na Suíça. Com apenas 16 anos, ele adoeceu com asma grave e sinusite crônica. Do ponto de vista médico, não havia nem explicação nem esperança de cura.
Sucederam-se anos de peregrinação árdua e exaustiva através de inúmeros consultórios médicos. Tratamentos medicamentosos intermináveis com antibióticos e cortisona determinaram sua vida diária. O pior, porém, era o sentimento de estar tão indefeso e impotente. E foi precisamente este sentimento que despertou nele uma força interior, um profundo desejo pela verdade, a cura e a liberaçao. Não apenas para si mesmo, mas para todas as pessoas na Terra. Tinha que haver uma maneira de sair do sofrimento, de volta à saúde. Sua busca determinou sua vida. Empurrado por seu próprio sofrimento, ele decidiu não deixar nada por experimentar, esperando encontrar caminhos que pudessem aliviar tambén o sofrimento de outros.
Seguiram-se muitos anos de estudos e cursos de formação em várias especialidades médicas.

Sua primeira profissão como fisioterapeuta o levou da Suíça para a Espanha. Na Galícia, terra natal de seus pais, José abriu seu próprio consultório. Apesar de muitos treinamentos adicionais, cursos de especialização e um consultório cheio, ele sentiu que ainda não havia chegado ao seu fim. Ele estava procurando técnicas de cura que lhe permitissem compreender e tratar o ser humano de uma forma mais profunda e holística. O desejo de se libertar de suas dificuldades respiratórias e sua compaixão pelo sofrimento dos outros, foi o impulso interior para continuar com a búsqueda. Foi assim que seu interesse pela osteopatia nasceu. Através desta arte manual holística, de captar e tratar o ser humano através das mãos, ele rompeu com o hábito de reduzir o corpo a uma simples construção biomecânica, percebendo que tudo no organismo está constantemente inter-relacionado e interagindo com o resto. O lugar dos sintomas nem sempre é o lugar que precisa ser tratado. A osteopatia é baseada nas leis da natureza que são universais e onipresentes.
Neste período, ele conheceu sua atual esposa e companheira Maria no Instituto Osteopático Holistéa em Munique.
Inicialmente muito racional e focado na ciência, este caminho, com o apoio e a inspiraçao dum amigo terapeuta, despertou no José a espiritualidade que parecia ter adormecido completamente até então.
Seu primeiro retiro Vipassana lhe mostrou um outro lado de si mesmo. Vipassana abriu o acesso e a liberação de antigos padrões de comportamento e a energía de trauma não processada que ainda estavam armazenadas no seu interior. A influência da mente sobre o corpo. Foi-lhe concedido experimentar profunda paz interior e um sentimento de conexão com o tudo.
Vipassana tornou-se uma parte importante de sua vida. A prática de Vipassana o fez tomar consciência das feridas emocionais profundas que ainda estavam armazenadas em seu subconsciente e como esses sentimentos se manifestavam tambén através de seu corpo físico.
Abençoado pelo apoio de sua esposa e inspirado por terapeutas experientes e mestres espirituais, José começou a explorar mais profundamente seu próprio ser e sua consciência. Ele passou 10 dias em completa escuridão onde lhe foi permitido acessar processos emocionais profundos e, ao mesmo tempo, descobrir a natureza do seu Ser. A sua própria divindade e sua luz interior lhe foram reveladas.

No entanto, seus sintomas físicos persistiam. Havia mais lições a aprender. Ele sentiu o chamado da selva e deixou que seu coração o guiasse. Assim, seu caminho o levou até vários xamãs no Peru. O início de uma maravilhosa conexão com a Pachamama e as plantas sagradas maestras do Amazonas. Foi-lhe revelado uma nova dimensão aos planos metafísicos. Pachamama, através do espíritu da ayahuasca, mostrou a ele os princípios da totalidade do mundo. Abriu-se um novo caminho do qual não havia volta atrás.
"Hoje sou grato e estou ciente de que a doença foi minha verdadeira guía e mestra. Ela me deu muito mais do que ela tirou de mim. Agradeço a ela por me mostrar o caminho de volta para casa, para esse lugar onde não há mais sofrimento, onde apenas existe o eterno pulsar de Deus dentro de mim; no meu Coraçao.”

Com amor, José

photo_2022-06-17_08-29-56.jpg

Ángel de Sardi

Xamã e Médio
Medicina Tradicional Chinesa

Idiomas: Espanhol, Ingles

Já na infância, Ángel possuía a capacidade de ver os espíritos de pessoas falecidas. Para ele, era algo completamente natural, mas que assustava muito sua mãe e seus irmãos, que não entendíam aquele fenômeno. Ángel sentía as energias e recebía informações através dos olhos das pessoas. Esta habilidade fora do comum, que tem estado com ele desde criança, muitas vezes era recebido com incompreensão. Suas habilidades trouxeram muito sofrimento a sua vida, forçando-o a suportar momentos muito difíceis ao longo de sua infância e adolescência. Contudo, longe de intimidá-lo, sua
própria mágoa reforçou ainda mais a firme decisão de que seu caminho seria o de ajudar outras pessoas a se libertarem de seu sofrimento e alcançarem a cura. Ángel começou estudando e adquirindo extensos conhecimentos em diferentes áreas médicas, percebendo logo, que a verdadeira cura não poderia ser limitada apenas ao corpo físico. Insatisfeito e curioso, ele sentiu a necessidade de ir mais fundo e ser mais holístico, achando respostas na medicina tradicional chinesa, algo que ele continua usando com eficácia e sucesso, até os dias de hoje. A arte da acupuntura em combinação com sua
profunda conexão espiritual
, o levou a conseguir curas milagrosas, impossíveis de explicar
com a ciência atual.
Ángel logo percebeu que sua capacidade de se comunicar e receber informações da "fonte divina", ou dessa inteligência superior da qual todos nós fazemos parte, foi um poder e um presente do céu, que tería que assumir com responsabilidade e colocar ao serviço de toda a humanidade. Através desta conexão com o Todo, ele percebeu que toda sua jornada de vida foi o ensinamento de uma consciência superior e que a sua missão era servir à saúde dos outros, trazer bem-estar físico, emocional e energético. Mas a vida ainda tería outro presente guardado para ele.

                                    A história de Ángel com a Medicina Sagrada. O despertar do xamã.


O próprio Ángel o descreve como um chamado. Em sua primeira cerimônia com Ayahuasca ele já consegiu ver mundos sutís, outras dimensões e outros seres ,além de se comunicar com a planta.

Madre Ayahuasca lhe disse, que ele tinha um xamã dentro de si mesmo e que deveria trabalhar com a medicina. Naquela hora ele ainda não entendia bem como e de que forma seu trabalho seria, mas
logo começou a aprender com outros xamãs e a conduzir suas primeiras cerimônias com Ayahuasca.

A exploração da planta e do seu próprio ser interior através dela, o levou a muitas realizações que lhe abriram o caminho para níveis mais profundos de consciência.
Seguindo o chamado de seu coração, e guiado pelo divino, Ángel se moveu para um centro espiritual xamânico na selva do Peru, onde outro grande presente estava á sua espera. Durante a primeira cerimônia, Ángel entrou em uma conexão mágica com a planta e os elementos. Os espíritos o escolheram, chamando-o para sair e cantar iccaros sagrados de cura. Sem nunca ter estudado ícaros ou qualquer técnica vocal em sua vida,  Ángel começou a cantar. Os participantes da cerimônia ficaram profundamente emocionados com aquelas poderosas vibrações de cura. Os xamãs Shipibo que estavam realizando a cerimônia ficaram admirados eles mesmos com o poder do Ángel. Reconhecendo sua conexão excepcional com a medicina e observando a poderosa energia de cura
experimentada pelos participantes naquela noite, o xamã chefe, dono do centro, pediu para o Ángel
com humildade e sabedoria, que colocasse seu dom a serviço de todos.


Ángel diz em suas próprias palavras:
"E bem, foi aí que meu trabalho como xamã começou. Considero-me um simples servidor,
escolhido simplesmente para trazer luz a esta família, a família humana. Para meu ser, somos todos um, e ajudar a liberar o sofrimento físico, emocional e energético é meu papel e meu caminho.
Um caminho que me foi dado, e ao qual sou grato. Desejo que através de mim, e essa
consciência superior que está sempre comigo, você possa obter sua cura, ou o conhecimento que você está buscando. Será um prazer para mim guiá-lo, desde o amor e a luz, com a ajuda que trago de outros
planos, para que você possa atingir seus objetivos e seu bem-estar; assim como muitos outros já experimentaram.
Obrigado a todos vocês que vão participar e a todos aqueles que já participaram".


Com muito amor, Ángel!